Lançamento de novo Gol em Munique - uma aula de marketing (parte 2)

Jornal Indústria e Comércio
Segunda, 26 de Setembro de 1994.
9ª edição da coluna – Página F1

Munique, 16 de setembro.

Chegada ao Hilton City Hotel. Dentro do quarto, duas pequenas lembranças da VW (um caneco de chope e uma porcelana da região) e uma carta de boas-vindas assinada pelo próprio presidente da VW.

 

A grande surpresa desta sexta-feira ainda estava por vir, pois estava marcada uma atração surpresa às 18h no parque da cidade. Só por curiosidade, o maior parque urbano da Europa.

O sol ainda brilhava por entre os galhos das dezenas de árvores quando os ônibus nos deixaram a poucos metros de uma das entradas do parque.

De cara, duas alemãs com trajes da Bavária nos recebiam calorosamente com canecos de um chope leve e não muito gelado. Em seguida, iniciávamos uma gostosa caminhada pelo parque. Eis que, algumas centenas de metros após, uma mesa nos aguardava para um “pit-stop” com mais chope e pão com creme para acompanhar. Novamente, mais uma caminhada e chegávamos ao nosso destino: Um galpão todo decorado, bem típico das Oktoberfest com sua animada bandinha.

Sábado, 17 de setembro.

É chegado o dia do esperado lançamento. Diga-se de passagem, seis meses antes do previsto! Com a manhã e tardes livres, os convencionais aproveitaram para fazer compras no centro e visitar o maior museu científico da Europa, o Deutsch Museum. Os ônibus da VW faziam o trajeto várias vezes ao dia para comodidade dos convencionais.

Às 18h30 os convencionais começavam a dirigir-se ao Hilton Park Hotel para as festividades de lançamento. Logo na entrada no salão principal, ainda do lado de fora do hotel, um imenso display com a logomarca do Novo Gol e seus slogan O Brasil de Carro Novo.

Após o credenciamento dos convencionais, uma pequena espera em um dos bares do hotel e, finalmente, adentramos ao amplo recinto onde aconteciam as palestras e o jantar.

Como apresentadores, dois rostos muito conhecidos dos brasileiros: Fernando Vanucci e Milena Cilibeli. O primeiro a falar foi o presidente da Autolatina, Alan De Smedt. De Smedt foi muito aplaudido ao afirmar categoricamente que não serão mais produzidos veículos híbridos entre a VW e a Ford.

Em seguida, o presidente da Volkswagen do Brasil, Miguel Carlos Barone, também muito aplaudido ao comentar a recente conquista da fábrica de Taubaté, por ser a primeira montadora na América Latina a obter o importante certificado ISSO 9000.

 


Sady Bordin, 49 anos, é co-piloto da Trip Linhas Aéreas, palestrante, professor e consultor de marketing.

Depoimentos

Gostei muito da linguagem simples e da concisão com que tratou cada um dos capítulos.

Fabiano de Sant´Ana dos Santos