Lançamento de novo Gol em Munique - uma aula de marketing (final)

Jornal Indústria e Comércio
Segunda, 01 de Outubro de 1994.
10ª edição da coluna – Página F1

Após as entusiásticas palestras dos presidentes da Autolatina e da VW, volta à cena Vanucci e Cilibeli para mais uma grande atração da noite: a apresentação dos comerciais para TV do Novo Gol. Com certeza não vou contá-los aos amigos leitores para não tirar o prazer de vê-los pela primeira vez. Mas, só para atiçar a curiosidade aqui vão algumas dicas: os dois primeiros tem a ver com a linha de montagem, onde é dado enfoque na alta tecnologia aplicada na produção do Novo Gol. O terceiro, mostra de uma forma humorada como vão se sentir os demais carros ao verem o novo Gol. E, o último da série, o quatro, tem um apelo extremamente emocional, sem falar, logicamente, aquela romântica música de fundo. Vale a pena conferir. Todos!

 

E, finalmente, vamos ao coquetel de lançamento do novo carro, propriamente dito. Num salão contíguo ao das palestras estavam expostos (salvo engano) 14 unidades do novo produto, em diferentes versões e cores. Era fácil observar as expressões de admiração e expectativa de grandes sucesso para o novo produto da VW.

Em seguida ao coquetel, era servido um fausto jantar aos convencionais, onde não faltaram o bom vinho da região e champagne para comemorar o sucessor do Gol. Também os já tradicionais detalhes não faltaram à mesa. Primeiro, um pequeno display de madeira com as duas faces pintadas com a marca e slogan do Novo Gol. E, na sobremesa, uma logomarca da VW comestível sobre uma porção de doce!

E, como não podia deixar de ser, para encerrar a festividade, um grande cantor bastante conhecido dos brasileiros: Toquinho!

Domingo, 18 de setembro.

Acordamos bem cedinho para um passeio de barco no Lago Chiemesse do Sul de Munique. Após hora e meia de ônibus embarcamos num barco todo decorado com bandeirolas da VW e do Novo Gol para conhecermos duas famosas ilhas: a dos homens e a das mulheres. Nesta última, por sinal, existe uma escola para preparação de... esposas! O curso dura dois anos e sempre tem alunas. O almoço foi na ilha das mulheres e em frente ao restaurante três bandeiras homenageavam os convencionais. Duas da VW e ao centro a saudosa bandeira do Brasil. O cardápio, acreditem, estava num perfeito português.

De volta ao hotel, mais uma cartinha do presidente da VW. Desta vez, se despedindo dos que partiam no dia seguinte.

Segunda, 19 de setembro.

Fim da festa. No vôo fretado num MD-11, novamente as calorosas palavras de boas-vindas do comandante em nome da Varig e da VW. E, novamente, um videotape com palavras de otimismo de Barone, presidente da VW.

 


Sady Bordin, 49 anos, é co-piloto da Trip Linhas Aéreas, palestrante, professor e consultor de marketing.

Depoimentos

Achei simplesmente muito bom.

Jean Rodrigo